O aluguel de colmeias já é rotina no Sul e Sudeste

abaelhas-colmeias

O aluguel de colmeias já é rotina na Europa e nos Estados Unidos por ser altamente lucrativa. A produção de mel tornou-se, praticamente, uma atividade secundária da apicultura nesses países. No Brasil, a técnica é mais comum nas regiões Sul e Sudeste.

O trabalho consiste em levar as abelhas para as plantações na época da florada. Assim, quanto mais abelhas no local, melhor a produtividade. Com isso, os apicultores têm uma fonte de renda extra, além do lucro com a comercialização do próprio mel.

Produtores além de alugar as colmeias estão usando feromônio de marcação para garantir que as abelhas forrageiem o pomar com produção de frutas e não áreas de mato próximas. Apis Bloom é um feromônio comercializado pela empresa ISCA Tecnologias e tem sido usado pelos produtores de maçã do sul do Brasil.

Também é uma oportunidade de desenvolver técnicas de beneficiamento do pólen, que pode ser vendido para a indústria alimentícia e de produtos saudáveis.

Em geral, o agricultor paga as despesas de transporte de ida e volta, além do aluguel das caixas de abelhas (colmeias). A depender do tamanho da plantação, elas permanecem por um período de até três meses.

Esta entrada foi publicada em CONCEITOS BÁSICOS, NOVIDADES, PUBLICACOES NACIONAIS e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>